Em 28 de Julho de 2020 às 21:16

A assembleia teve caráter consultivo, em virtude das dificuldades de se realizar o cruzamento de informações entre os presentes e a lista de membros do CACo de maneira incisiva. Assim, foram deliberadas propostas que determinam atitudes a serem tomadas ou usadas como guias pelo Centro Acadêmico, que serão cumpridas.

Informes:

  • Convite para participação do hackathon organizado pelo CACo nos dias 04, 05 e 06 de setembro.

Pauta:

  • Modalidade de ensino EAD emergencial na universidade, seus impactos, sua efetividade e sua continuidade, junto a pesquisa realizada pelo CACo sobre o assunto na semana da assembleia.
  • Políticas de corte e privatização na universidade pública.

Discussão:

  • A discussão foi feita se tendo em mente a impossibilidade de se acessar muitos estudantes possivelmente interessados através de meio digital na pandemia.
  • Foram levantados os pontos das antigas e recorrentes políticas de sucateamento da universidade, não só no sentido de cortes e privatizações mas também o próprio EAD como forma de tentar baratear o ensino com perda de qualidade.
  • Problemas com o EAD, inclusive com disciplinas experimentais abrindo a possibilidade de que estudantes comprem os equipamentos necessários para realizá-las e de ao longo do semestre disciplinas terem exigido o uso de softwares proprietários e pesados.
  • No caso de uma discussão de fim do EAD, foi lembrado que esta é uma situação extraordinária em que ele garante a continuidade do semestre. Também levantou-se uma preocupação com quem possui tempo limite de tempo para terminar o curso.
  • Possivelmente a realidade não permita que se exija mudanças drásticas e tenhamos que lidar com a realidade tal como ela é, direcionando as exigências para um EAD com condições mais justas para se mitigar seus efeitos negativos.
  • Com isso discutiu-se o quanto liberdades individuais como a flexibilidade de avaliação no EAD não vão contra a coletividade. Lembrou-se que há pessoas que nem mesmo conseguimos trazer para a assembleia por inúmeras questões de infraestrutura, que podem estar diante da mesma condição perante o curso.

Votação:

  1. Criar uma comissão responsável por elaborar posts informativos sobre o que foi discutido na assembleia e promover uma campanha de conscientização para a comunidade
  2. Pedir por matérias mais simples e opcionais para que quem tem dificuldade de acesso tenha créditos no semestre e não tenham somente a opção de trancar, de modo a diminuir a disparidade entre os alunos e abarcar também aqueles que não podem trancar o semestre por conta de bolsas auxílio da faculdade.
    1. Fazer isso através de uma carta a ser repassada aos outros CAs e apresentada no CONSU e em outras congregações.
  3. Elaborar uma carta para a reitoria e para os institutos requerendo critérios claros de avaliação e impedindo a criação de situações que gerem diferenciação para alunos de condições diferentes nas disciplinas (como, por exemplo, a exigência de que alunos arquem com custos de materiais necessários para a realização de disciplinas - tipo lab de eletrônica e alunos tendo que comprar kits, uso de softwares proprietários e tal) - suspendendo o oferecimento destas.
    1. Se posicionar contra o oferecimento de disciplinas que deveriam ser presenciais.
    2. Enviar carta aos institutos/reitoria requerendo que o prazo para trancamento (de matrícula e semestre) seja estendido para todo o semestre.
    3. CACo ser responsável por fazer um post explicativo sobre o funcionamento do CR neste semestre, explicitando como vai acontecer isso de retirada de disciplinas e tal.
  4. Suspensão do EAD até que a proposta acima seja atendida
  5. Buscar mobilização com os outros CAs para pressionar outros institutos e a própria reitoria tanto para vetar as disciplinas obrigatórias em formato EAD pós pandemia quanto para mobilizar quanto as questões abordadas ao longo da assembleia.
  6. Fazer isso através da comunicação com outros CAs por meio de um grupo que existe com todos eles e, caso isso não dê certo, elaborar uma carta aberta e repassando aos CAs para que assinem.